Solar

Absolar e governo de Goiás lançam programa para desenvolver energia solar

Wednesday, 22 de February de 2017

Absolar e governo de Goiás lançam programa para desenvolver energia solar

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) e o Governo de Goiás lançaram em feverreiro o Programa Goiás Solar, com o objetivo de acelerar o desenvolvimento da fonte solar fotovoltaica no estado.

O programa, viabilizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos, é fruto de mais de um ano de trabalho em cooperação com a Absolar.

Com o lançamento do Programa Goiás Solar, que inclui inúmeras propostas e ações para acelerar a adoção da tecnologia fotovoltaica no estado goiano, a Absolar projeta um aumento significativo no número de sistemas solares fotovoltaicos a serem instalados na região a partir deste ano.

O evento de lançamento ocorrerá no Palácio das Esmeraldas e terá as presenças do governador de Goiás, Marconi Perillo, do secretário da pasta da SECIMA, Vilmar Rocha, e do presidente-executivo da Absolar, Dr. Rodrigo Sauaia.

“O estado de Goiás tem sido uma liderança no incentivo ao desenvolvimento da energia solar fotovoltaica, tendo tomado uma série de medidas a favor desta fonte limpa, renovável e sustentável, como, por exemplo, a adesão ao Convênio ICMS 16/2015, que isenta de ICMS a energia da micro e minigeração distribuída, tornando-a mais competitiva. Goiás foi, na verdade, um dos três primeiros estados a aderir a esse convênio, liderando o Brasil no tema ”, comenta Sauaia.

O presidente da Absolar lembra ainda que o estado goiano estabeleceu, por meio da GoiásFomento, a linha “Crédito Produtivo Energia Solar”, o que viabilizou financiamento para microempresas, empresas de pequeno porte e empreendedores individuais, para aquisição de equipamentos de geração de energia solar fotovoltaica.

“Também foi o primeiro estado a lançar e pôr em prática um programa para instalar sistemas solares fotovoltaicos na habitação popular, por meio da Agehab, um exemplo de engajamento do poder público para trazer mais economia e sustentabilidade à população de baixa renda”, acrescenta Sauaia.

Para complementar os esforços individuais dos Estados do Centro-Oeste em prol do desenvolvimento da energia solar fotovoltaica na região, a ABSOLAR trabalha junto com a SUDECO e os Governadores da região no desenvolvimento de uma linha de financiamento para o Centro-Oeste, similar à linha FNE SOL, em operação na região Nordeste do País. “Nossa expectativa é de que a SUDECO avance com esta nova linha ainda este ano, à medida que em os Governadores têm demonstrado grande interesse e apoio à proposta”, conclui Sauaia.



Marcadores: