Outros

Governo anuncia plano para controlar desmatamentos no Cerrado

Friday, 17 de September de 2010

Governo anuncia plano para controlar desmatamentos no Cerrado

O Diário Oficial da União publicou na edição de 16/9 decreto instituindo o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado. O plano, anunciado na véspera pelo Ministério do Meio Ambiente, apresenta medidas que vão da criação de uma "lista negra" de municípios onde o desmatamento atingiu níveis críticos até a implantação do monitoramento por satélite em tempo real.
O chamado PPCerrado será usado como instrumento para reduzir 40% da emissão de gás carbônico até 2020. A porcentagem foi estabelecida com base na taxa anual média de desmatamento do bioma, observada entre 2002 e 2008.
De acordo com o Centro de Sensoriamento Remoto do Ibama, que executa o Projeto de Monitoramento dos Biomas Brasileiros (MMA/Ibama/Pnud), o total acumulado de perdas da vegetação nativa até 2002 era de 890.636 quilômetros quadrados (km²) e, em seis anos, foi acrescido de 85.074 km², o que equivale a valor médio anual de 14.200 km². Considerando a área original de 204 milhões de hectares, o bioma já perdeu, até 2008, quase metade (47,84%) de sua cobertura de vegetação nativa, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente.
Aliado às ações de repressão, o projeto vai levar alternativas sustentáveis para o desenvolvimento dos municípios, envolvendo principalmente produtores de áreas ocupadas com o plantio de soja. As ações vão valorizar a produção de frutos nativos, num projeto envolvendo quebradeiras de coco de babaçu, quilombolas, bordadeiras que utilizam sementes e produtores extrativistas do jenipapo na produção de licor e de azeite de coco de babaçu.

Agência Brasil



Marcadores: Cerrado, GEE, queimada, desmatamento, CO2, biomassa