Biocombustíveis

Tereos vai investir R$ 767 milhões na Guarani

Sunday, 10 de April de 2011

A Tereos Internacional anunciou um plano de investimentos na Açúcar Guarani de R$ 767 milhões, nos próximos quatro anos, para expandir a capacidade de processamento de cana-de-açúcar e de cogeração de energia. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um pacote financeiro de R$ 764 milhões. O financiamento tem vencimento médio de 11 anos, com amortização de nove anos e carência de dois anos.
A Petrobras Biocombustível, por outro lado, aumentou sua participação no capital da Guarani de 26,5% para 31,4%, com aporte de R$ 195,4 milhões. A Tereos Internacional fica com a participação restante de 68,6% no capital da subsidiária.
A Tereos pretende aumentar em 3,5 milhões de toneladas a capacidade de processamento de cana-de-açúcar da Guarani, para 24,5 milhões de toneladas, com um crescimento na produção de aproximadamente 170 mil toneladas de açúcar e 195 mil metros cúbicos de etanol. O grupo visa também expandir a capacidade de cogeração de energia, para 1.172 GWh por ano.
O investimento na fase inicial do plano será de R$ 465 milhões, e terá como prioridades expandir a capacidade de processamento de cana-de-açúcar das unidades São José e Mandu em 1,2 milhão de toneladas, e aumentar a produção de energia de cogeração nas unidades São José, Mandu, Cruz Alta e Tanabi em um total de 651 GWh.
A Guarani também concluiu seu processo de refinanciamento, por meio de um empréstimo total de US$ 560 milhões, que teve a participação de vários bancos: Rabobank, BNP Paribas, Bradesco, Crédit Agricole, Itaú BBA e Natixis. Os recursos deste empréstimo serão utilizados para melhorar a eficiência no gerenciamento de caixa, além de alongar e simplificar a estrutura de dívida, informou a Tereos.



Marcadores: