Biocombustíveis

Etanol já evitou mais de 100 mi t de CO2

Sunday, 03 de October de 2010

Etanol já evitou mais de 100 mi t de CO2

Em sete anos o uso de etanol pelos carros flex já evitou a emissão de 103,4 milhões de toneladas de gás carbônico, aponta o "Carbonômetro" ferramenta criada pela Unica - União da Indústria de Cana-de-açúcar que calcula a quantidade do poluente que deixou de ser emitida graças ao consumo do etanol em substituição à gasolina desde 2003, quando os carros flex começaram a ser vendidos no País.
O etanol, em comparação à gasolina, emite 90% menos gases causadores do efeito estufa.
O consultor de Tecnologia e Emissões da Unica, Alfred Szwarc compara o volume reduzido no Brasil com os poluentes emitido na Grécia. "Estas mais de 103 milhões de toneladas de CO2 evitadas pelos carros flex brasileiros equivalem à mesma quantidade que a Grécia emitiu em 2007 com a queima de combustíveis fósseis em geral", disse o especialista em nota.
Alfred acredita que o etanol no Brasil "continuará desempenhando um papel importante para a melhoria da qualidade ambiental, principalmente no que se refere ao combate ao aquecimento global."
Novos critérios adotados pela ONG SOS Mata Atlântica mostram que para compensação de emissões de CO2, as emissões evitadas desde 2003 equivalem ao efeito do plantio e manutenção de mais de 331 milhões de árvores nativas ao longo de 20 anos.

Agência Udop de Notícias



Marcadores: cana-de-açúcar, cana, etanol, GEE, CO2, mudanças climáticas