Biocombustíveis

Simpósio aborda inovações no setor sucroenergético

Sunday, 04 de December de 2016

Simpósio aborda inovações no setor sucroenergético

O Pecege (Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas), Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool) e GELQ (Grupo de Estudos “Luiz de Queiroz”) 2017 promovem nos dias 15 e 16 de dezembro o simpósio “Inovações no Setor Sucroenergético: Agrícola, Industria e Custos”. O foco do evento é apresentar problemas contemporâneos do setor, fomentar discussões e apresentar soluções, além de apresentar o levantamento de custos de produção da Agrícola e Indústria, realizado exclusivamente pelo Pecege em parceria com a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) há oito anos.

“Depois de cinco safras seguidas de crise, a temporada 2015/16 apresentou sinais de recuperação da margem econômica das usinas. Isso em razão da melhora dos preços dos produtos, principalmente do açúcar, e não necessariamente de uma redução de custos”, diz Haroldo Torres, gestor de Projetos de Pesquisas do Pecege e palestrante do evento.

Além dessas discussões econômicas, a edição deste ano traz palestras que irão abordar inovações tecnológicas para o setor. Destaque para as palestras “Cana Energia, a Revolução Possível” com Sizuo Matsuoka, marcada para o primeiro dia, “Biodigestão dos resíduos da cadeia sucroenergética: Eficiência, Redução e Ganhos Ambientais”, com o empreendedor Alessandro Gardemann, agendada para o dia 16 de Dezembro, e “Uma visão geral da maior usina do estado da Flórida, a US SUGAR”, com a palestrante Rosa Muchovej, chefe do departamento de solos do grupo.

O evento será realizado no Parque Tecnológico de Piracicaba, que fica na rua Cezira Giovanoni Moretti, nº 600, Jardim Santa Rosa, em Piracicaba (SP), das 7h30 às 19h. Vale destacar que os debates e palestras poderão ser assistidos presencialmente em Piracicaba ou pela plataforma online. As inscrições antecipadas têm desconto e devem ser feitas pelo site http://www.pecege.org.br/eventos/inovacoes-no-setor-sucroenergetico

O evento também será transmitido online com tradução simultânea, podendo ser assistido no Brasil todo e no exterior até 45 dias após sua realização.

O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, açúcar e etanol. A colheita da safra 2015/16 foi estimada em 655,2 milhões de toneladas pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), o que representa um aumento de 3,2% em relação ao ciclo 2014/2015.



Marcadores: