Biocombustíveis

Assinado acordo coletivo de trabalho do setor do etanol

Thursday, 30 de May de 2013

Foi assinado o Acordo Coletivo de Trabalho do setor do Álcool relativo ao período de 01/05/2013 à 30/04/2014. Após as primeiras reuniões sem resultados e com o setor patronal tentando dificultar as negociações, o Acordo foi considerado positivo pela diretoria do Sindalco - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas, Farmacêutica e da Fabricação do Álcool, Etanol, Bioetanol e Biocombustível de Araçatuba e Região - SP.

O índice de inflação apurado pelo INPC/IBGE entre maio de 2012 e abril de 2013 foi de 7,16%.

Inicialmente a bancada patronal não estava propensa a conceder reajuste salarial, propondo um aumento bem abaixo da inflação do período, além de tentar retirar benefícios conquistados anteriormente. Porém, o presidente do SINDALCO, José Roberto da Cunha, e os demais membros da diretoria não aceitaram a contraproposta.

Após muita discussão ficou decidido, em acordo assinado por ambas às partes, por um reajuste salarial de 7,5% (sendo um aumento real de 0,32%) e o piso salarial da categoria estabelecido em R$ 939,40 (Novecentos e Trinta e Nove Reais e Quarenta Centavos) por mês e/ou equivalente a 4,27 (Quatro Reais e Vinte e Sete Centavos) por hora.

Nas demais cláusulas houve a manutenção conforme o texto do Acordo Coletivo de Trabalho anterior, o que também foi considerado uma grande conquista, pois o setor patronal veio com objetivo de alterar algumas cláusulas.

O reajuste irá beneficiar aproximadamente 8 mil trabalhadores da região, distribuídos em 20 usinas e destilarias.

O Acordo Coletivo de Trabalho da Categoria é a garantia de que os direitos dos trabalhadores, conquistados as duras negociações, terão que ser respeitados. Com ele em mãos, o trabalhador se sente mais fortalecido para exigir o cumprimento do mesmo.

Em breve estaremos entregando a todos os trabalhadores do setor uma cartilha, que é uma cópia na íntegra do acordo assinado, para que todos fiquem por dentro de seus direitos.

Sindalco Araçatuba



Marcadores: