Biocombustíveis

Conferência Internacional do Biodiesel será em S. Paulo

Monday, 31 de October de 2011

Conferência Internacional do Biodiesel será em S. Paulo

O biodiesel traz a promessa de substituir uma fração significativa de óleo diesel a partir de seu uso corrente. Produzido a partir de produtos agrícolas, como soja, dendê, canola, pinhão manso e outras, o biodiesel é um combustível renovável com exceção de um dos insumos derivados de combustíveis fósseis utilizado na sua preparação.
Escolhas para as matérias-primas a serem utilizadas, tecnologias, custos e impactos ambientais têm de ser avaliados para garantir uma ampla aceitação de biodiesel como um substituto para o óleo diesel.
A Conferência Internacional Biodiesel discutirá todos os aspectos técnicos da produção de biodiesel em diversos países. O programa da conferência está organizado em três módulos:
* Qual é o "status" atual das tecnologias utilizadas para a produção de biodiesel (na área agronômica e industrial)?
* O que os países em várias partes do mundo estão fazendo nesta área?
* O que as empresas estão fazendo?
No final do dia haverá um debate entre os palestrantes convidados e o público em geral sobre o problema do papel do biocombustível no futuro do transporte como substituto para o óleo diesel, bem como as políticas para reforçar o seu papel.
O evento conta com o suporte do Centro de Estudos em Energia e Sustentabilidade – CEES da Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP, e do Centro Inova de Tecnologia da FAAP, e é coordenado pelos Professores Dr. José Goldemberg, Presidente da Conferência, e Dr. Francisco Paletta.
A Conferência será realizada no dia 18 de Novembro de 2011, no Centro de Convenções da Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP, situado à Rua Alagoas, 903 Prédio 3 – Higienópolis  (CEP 04212-902) na cidade de São Paulo.
Mais informações podem ser obtidas pelo tel.: (11) 3662-7362, ou pelo e-mail inova@faap.br  ou na página do evento: http://www.faap.br/cees/biodiesel/index.asp

Faculdade de Engenharia da Fundação Armando Alvares Penteado



Marcadores: biocombustíveis, biodiesel, pinhão manso, jatropha, cana-de-açucar, canola, soja, palma, algas, renováveis